sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Admiro demais a tartaruga
Que com sua paciência infinita
Nos rios e oceanos onde habita
O supremo deus Cronus Subjuga
De predadores planeja sua fuga
Para não ser encontrada de surpresa
No mar para sobreviver com certeza
Lança-se nas águas e ali vai vivendo
Tudo isso pra mim está dizendo
Quanto é grande o poder da natureza

Um comentário:

  1. Salmy,
    Adoro as coisas que você escreve! Também serei sua leitora hahaha! Beijos.

    ResponderExcluir